Fibras

Fibras


As fibras alimentares são imprescindíveis em uma dieta que visa melhorar a saúde em diversos aspectos. Elas estão presentes em frutas, legumes, verduras, hortaliças e grãos que resistem ao processo de digestão do nosso organismo, ou seja, quando ingeridas elas passam quase que intactas pelo nosso sistema digestivo, trazendo muitos benefícios à saúde, mesmo sem possuir valor nutritivo e nem energético (não têm calorias). Sendo assim, para que elas servem?

 

  1. Atuam como “vassouras”, que carregam os resíduos alimentares e a gordura excedente na alimentação pelo intestino, baixando o nível de colesterol absorvido;
  2. Promovem regulação do tempo de trânsito intestinal, atrasando o esvaziamento gástrico, tornando mais lenta a digestão e a absorção dos nutrientes, proporcionando uma sensação de saciedade e ajudando na perda de peso;
  3. No cólon, devido a sua capacidade de absorver água, forma fezes volumosas e macias, prevenindo e/ou tratando a constipação;
  4. São substratos para a fermentação de colônias de bactérias, ou seja, servem como alimento para as bactérias boas e como fonte de energia para as células do cólon, podendo inibir o crescimento e proliferação de células cancerígenas no intestino;
  5. Atuam no metabolismo dos carboidratos e no controle da glicemia, formando um gel (pectina e goma) no intestino, tornando mais lenta a velocidade na qual a glicose entra na corrente sanguínea;
  6. São substratos para formação de ácidos graxos de cadeia curta. Com isso, ajudam a prevenir doenças cardíacas.

Resumidamente, há dois tipos de fibras alimentares: as insolúveis e as solúveis em água. As fibras solúveis são responsáveis por reter uma quantidade maior de água no organismo, o que ocasiona fezes mais macias e com mais volume, ajudando o intestino a funcionar melhor. Enquanto as fibras solúveis são mais “macias”, ou seja, depois de ingeridas elas se transformam em gel no estômago, permanecendo mais tempo e aumentando a sensação de saciedade quando comemos.

Fale via Whatsapp
Enviar Mensagem